Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Chicago- Lisboa

Jones Lang LaSalle nomeada para a lista «World’s Most Ethical Companies» pelo terceiro ano consecutivo

Reconhecimento do Ethisphere Institute


A Jones Lang LaSalle, empresa líder na prestação de serviços financeiros e profissionais especializados em imobiliário, foi reconhecido pelo Ethisphere Institute como uma das empresas com maior ética a nível mundial em 2010 (World’s Most Ethical Companies). A única empresa de imobiliário a ser galardoada, a Jones Lang LaSalle garantiu a sua nomeação por apostar na implementação de práticas de negócio que simultaneamente apoiam o sucesso da empresa, beneficiam a comunidade e os accionistas e elevam os standards éticos na indústria imobiliária.

Este é o terceiro ano consecutivo em que a Jones Lang LaSalle é nomeada para esta lista pelo Ethisphere, um grupo de especialistas dedicado à criação, fomento e partilha das melhores práticas na ética empresarial, responsabilidade corporativa social, anti-corrupção e sustentabilidade.

“Estamos muito orgulhosos de constar, uma vez mais, entre as «World’s Most Ethical Companies»”, disse Colin Dyer, CEO da Jones Lang LaSalle. “O nosso compromisso com a responsabilidade corporativa começa com o Conselho de Administração e com o Global Executive Committee, é conduzido pelas nossas equipas globais de Ethics Officers e impulsionado pela dedicação dos nossos colaboradores em todo o mundo. Agradeço-lhes pelo contributo que permitiu sermos novamente reconhecidos”.

Através de uma pesquisa aprofundada e de uma análise multi-faseada, o Ethisphere analisa um número recorde de nomeações de milhares de empresas em mais de 100 países e 36 áreas de actividade, de forma a determinar os vencedores. A lista é publicada no número do 1º trimestre da Ethisphere Magazine. A informação sobre o processo de selecção e a lista completa de vencedores pode ainda ser consultada em http://ethisphere.com/wme-2010.

“O facto da Jones Lang LaSalle promover um ambiente ético saudável destaca-se no âmbito da indústria imobiliária e revela uma clara percepção de que operar com os standards mais elevados no âmbito do comportamento empresarial vai muito além da boa vontade e do “lip-service” e está intimamente ligado à performance e rentabilidade”, disse Alex Brigham, Executive Director do Ethisphere Institute. “O prémio World’s Most Ethical Companies deste ano foi o mais competitivo de sempre, dado que as empresas compreendem que tornar a ética numa prioridade é actualmente um factor critico no seio de num ambiente económico difícil. Boa ética significa melhores negócios”.
 
Para Manuel Puig, Director Geral da Jones Lang LaSalle Portugal “esta nomeação contribui para afirmar o nosso posicionamento no mercado imobiliário português como uma empresa que acredita no crescimento sustentável a longo prazo e defende a ética antes que o lucro. A nossa equipa sente-se orgulhosa de pertencer a Jones Lang LaSalle".

A metodologia para o ranking WME inclui a análise dos códigos de ética e os historiais de litigação e infracções regulamentares; a avaliação do investimento em práticas de negócio sustentáveis e inovadoras; a procura de actividades que melhorem a cidadania corporativa; e estudar as nomeações de executivos seniores, pares da indústria, fornecedores e clientes.
- ends -