Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Pedro Lancastre assume Direcção Geral da Jones Lang LaSalle Portugal

Manuel Puig abraça novo desafio no Brasil


A Jones Lang LaSalle Portugal nomeou Pedro Lancastre para o cargo de Director Geral, que assumirá as suas novas funções a partir de Julho. O novo Director Geral da Jones Lang LaSalle Portugal sucede a Manuel Puig, que liderou a consultora nos últimos seis anos e que dá um novo passo no seu percurso na Jones Lang LaSalle, tendo sido convidado para desenvolver o negócio de retalho da empresa no Brasil, assumindo o cargo de Director da Divisão de Retail da Jones Lang LaSalle naquele país, também a partir de Julho.

Manuel Puig, que cessa as suas funções no cargo de Director Geral, afirma: “Desde que ingressou na Jones Lang LaSalle, o Pedro tem contribuído de forma significativa para o crescimento da empresa e, nestes dois últimos anos, tem vindo a abraçar responsabilidades que vão muito além das que integram o Departamento que dirigia. Trata-se, por isso, de uma sucessão natural, reforçada ainda pelo facto de o Pedro ser um profissional com muita experiência, uma excelente visão estratégica do negócio imobiliário e um conhecimento profundo da maioria dos nossos clientes”.

Pedro Lancastre, novo Director Geral da Jones Lang LaSalle Portugal, comenta: “O Manuel parte mas deixa uma equipa forte, coesa, motivada e muito bem preparada. Foi uma equipa por ele construída nos últimos 6 anos, contando hoje com 53 pessoas divididas em 8 áreas de negócio e com um modelo perfeitamente adaptado às circunstâncias actuais do mercado, ou seja muito pouco dependente de áreas transaccionais. Acima de tudo, é uma grande honra que a empresa em que trabalho há quatro anos aposte em mim para abraçar um desafio desta grandeza”.

Pedro Lancastre acrescenta: “Crescemos em contraciclo, mas estamos sólidos e com muita garra para continuar a vingar neste mercado tão desafiante. A equipa mantém-se inalterada e com a mesma satisfação e empenho vai continuar a prestar um serviço de excelência. Os nossos clientes sabem que podem continuar a contar connosco e estou certo que o farão.”

A reestruturação da direcção da Jones Lang LaSalle resultará numa liderança reforçada, que mantém um apport inovador e dará continuidade às principais linhas estratégicas assumidas pela empresa, garantindo que os valores de confiança, qualidade, empreendedorismo e solidez, que desde sempre marcaram o relacionamento com os clientes, fornecedores, colaboradores e comunidade envolvente, continuam a ser uma prioridade.

Pedro Lancastre é actualmente Associate Director e Director do Departamento de Capital Markets da Jones Lang LaSalle Portugal, cargo para o qual ingressou na empresa em Março de 2007. Licenciado em Gestão pelo Instituto Superior de Gestão, possui também uma Pós-Graduação em Gestão de Avaliação Imobiliária pela ESAI. Tendo iniciado o seu percurso profissional no sector Bancário, onde permaneceu durante quatro anos, Pedro Lancastre conta já com uma experiência de 10 anos no sector imobiliário, no qual ingressou em 2001, após ter concluído a Pós-Graduação.
Neste sector, integrou durante 3 anos o Departamento de Investimento da CB Richard Ellis, transitando depois para a Sonae Sierra, onde, igualmente por um período de 3 anos e até 2007, exerceu o cargo de Director Adjunto de Novos Negócios em Portugal.

Manuel Puig, Licenciado em Direito pela Universidade de Sevilha e com uma Pós-Graduação em Gestão e Investimento Imobiliário pelo CEMAF – ISCTE de Lisboa, foi um dos responsáveis pela abertura da Jones Lang LaSalle em Portugal, tendo ingressado na empresa em 1997 e mantendo-se durante 8 anos no cargo de Director do Departamento de Retail, actividade com a qual a consultora iniciou o seu negócio em Portugal. Em 2005, Manuel Puig assume funções de Director Geral e sob a sua liderança a empresa reforçou e diversificou significativamente as suas áreas de negócio e recursos humanos, sendo actualmente uma das três maiores e mais completas consultoras imobiliárias a operar no mercado nacional. Manuel Puig manterá a ligação ao mercado nacional, permanecendo como membro do Conselho de Administração da Jones Lang LaSalle Portugal, em funções não executivas, e deixa um agradecimento “a todos os que o acompanharam e ajudaram a Jones Lang LaSalle Portugal a alcançar a posição que hoje ocupa no mercado imobiliário português”.

Presente em Portugal desde 1997 e actuando inicialmente apenas no mercado de retalho, a Jones Lang LaSalle registou nos últimos anos um forte crescimento, resultado da sua estratégia de diversificação de serviços e áreas de negócio, quer transacionais (como Agência de Escritórios, Corporate Solutions e Capital Markets), quer nas não transacionais (Gestão de Imóveis, Consultoria, Avaliação, Arquitectura, Research, entre outras). No final de 2010, a Jones Lang LaSalle Portugal contava com uma equipa de 53 profissionais, disponibilizando um leque de serviços imobiliários em praticamente todos os segmentos de mercado.


- ends –