Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Jones Lang LaSalle anuncia aquisição na África do Sul

Consultora inicia actividade no mercado Sul-Africano, na sequência da aquisição do grupo imobiliário nacional Bradford McCormack & Associates


A Jones Lang LaSalle (NYSE: JLL) anunciou a criação da Jones Lang LaSalle África do Sul, na sequência da aquisição de uma das mais importantes empresas de prestação de serviços ao mercado imobiliário naquele país, a Bradford McCormack & Associates (BMA), por um valor não revelado. Esta aquisição permitirá à Jones Lang LaSalle ter o seu primeiro escritório na África do Sul, apesar da consultora estar já presente neste mercado em instalações de diversos clientes, no âmbito de alguns contratos de prestação de serviços.

Esta operação é um dos maiores investimentos internacionais no sector nacional de prestação de serviços imobiliários, constituindo-se como um sinal de um compromisso global significativo face a um mercado doméstico de imobiliário terciário bastante forte. De forma mais específica, esta operação permitirá abrir oportunidades de expansão dos negócios para ambas as empresas em todo o território sul-africano e nos seus países vizinhos.

A BMA possui uma carteira de clientes que inclui, entre outros, o ABSA Bank (Barclays), a Bolsa de Valores de Joanesburgo, a Nestlé, a Míele SA e diversos organismos integrantes do governo sul-africano. A empresa tem um track record muito significativo num vasto leque de serviços, incluindo agência de escritórios e industrial, investimento, representação de inquilinos, administração de arrendamentos, consultoria estratégica e gestão de activos.

Mark Bradford, Managing Director da BMA, que assumirá o cargo de Manging Director da Jones Lang LaSalle no país, afirma: “O mercado imobiliário nacional continua a ser um importante indicador da actividade económica mais vasta. As boas perspectivas económicas para este ano estão já a surtir efeito no aumento da procura de espaços. A aquisição da empresa pela Jones Lang LaSalle permite introduzir diversos produtos globais em oferta que vão ao encontro desta procura e coloca a nossa empresa numa posição privilegiada para prestar serviços às empresas nacionais e internacionais presentes no nosso mercado”.

Christian Ulbrich, CEO da Jones Lang LaSalle para a região EMEA, afirma: “Sempre admirámos a forma como a BMA desenvolvia o seu negócio e o seu compromisso em prestar um serviço de topo ao cliente. Estamos muito satisfeitos que o Mark e a sua equipa tenham decido juntar-se à Jones Lang LaSalle. Esta conjunção será uma excelente rampa de lançamento para as nossas aspirações de crescimento na África do Sul e nos seus países vizinhos. Mais importante, assegura que podemos, de forma ininterrupta, disponibilizar o leque completo de serviços aos nossos clientes, à medida que eles próprios estão a construir o seu negócio numa das regiões de maior crescimento no mundo”.

“Dado o nosso país desempenhar um papel cada vez mais relevante nesta região, a criação da Jones Lang LaSalle África do Sul permite que o mercado imobiliário local disponibilize valor acrescentado para as comunidades empresariais locais e globais”, acrescenta Mark Bradford.

Vincent Lottefier, CEO da Jones Lang LaSalle Corporate Solutions da região EMEA e membro do Conselho de Administração para esta região, comenta: “Com as principais economias asiáticas a liderarem o forte fluxo de investimento estrangeiro directo na África subsariana, vemos desenvolverem-se rápidas sinergias entre o nosso novo escritório de Joanesburgo e os clientes na China ou na Índia. Esta aquisição é uma rampa de lançamento para estas grande oportunidades de negócio”.

“Culturalmente, esta aquisição é uma relação de complementaridade entre duas empresas que partilham filosofias de negócio semelhantes e um compromisso inabalável com os mais exigentes princípios éticos, disponibilizando o melhor aconselhamento aos clientes, perseguindo a excelência e estimulando os talentos de topo. Estamos muito impressionados com tudo o que a BMA conquistou neste mercado e muito entusiasmados pelas perspectivas para a Jones Lang LaSalle em Joanesburgo”, conclui Lottefier.
- ends -

Nota aos Editores:

Sobre a BMA (agora Jones Lang LaSalle África do Sul)
Criada em 1990, a Bradford McCormack & Associates (agora Jones Lang LaSalle África do Sul)é uma empresa de prestação de serviços ao mercado de imobiliário corporativo na África do Sul. O perfil e marca da empresa são largamente associados aos mais elevados níveis de integridade e à oferta de soluções imobiliárias profissionais e empreendedoras. A partir dos seus escritórios em Joanesburgo, a empresa disponibiliza serviços para todo o país.  A empresa é especialista em soluções para imobiliário empresarial para os seus clientes corporativos nas áreas de gestão de activos, representação de inquilinos, investimento, consultoria estratégica, arrendamento de escritórios e industrial e gestão de arrendamentos. Um empregador de oportunidades iguais com um rating de 2 no Black Economic Empowerment (BEE), a BMA (agora JLL AS) é um empregador de primeira escolha e integra alguns dos mais talentosos recursos humanos da indústria. Os registos de colaboração reflectem a estabilidade entre os colaboradores séniores, muitos dos quais são parte da empresa há mais de uma década.