Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Office Flashpoint Outubro 2011


Desde o início do ano e até final de outubro de 2011, o mercado de escritórios de Lisboa totalizou uma absorção acumulada de 52.248 m², evidenciando assim a continuação do percurso de contração face a 2010. Este volume ocupado nos primeiros dez meses de 2011 está cerca de 34% abaixo da área arrendada em igual período do ano anterior.

Ainda assim, o mês de outubro, com 7.357 m² tomados, manteve-se em linha (ligeira variação de +3,6%) com a performance do mês anterior, que havia apresentado uma franca recuperação mensal, mais que duplicando a área arrendada em agosto. Os resultados homólogos em termos mensais foram igualmente bastante animadores, com uma recuperação de 46,3% face à absorção de outubro de 2010.

Cerca de metade da área arrendada concentrou-se numa operação, nomeadamente a tomada de 3.273 m² por uma entidade financeira no edifício Bloom, localizado na zona 3.

Esta operação influenciou também o dinamismo dos sectores de atividade contemplados no âmbito da procura, com a área de “Serviços Financeiros” a contabilizar 3.562 m². As áreas de “Serviços Empresas”; “Estado, Europa e Associações”; e “Produtos de Consumo”; revelaram também algum dinamismo, com arrendamentos entre os 1.000 e os 1.250 m² durante o mês de outubro.

Em termos de zonas, destaca-se a zona 3, com um take up total de 4.088 m², seguida da zona 6, com 2.123 m², e da zona 7, com 1.055 m². Já na zona 1 a atividade não chegou aos 100 m² arrendados e as zonas 2,4 e 5 não registaram quaisquer arrendamentos em outubro.