Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Jones Lang LaSalle constitui equipa de investimento para a área das energias renováveis


A Jones Lang LaSalle constituiu uma equipa de investimento para a área das energias renováveis com o objetivo de disponibilizar consultoria comercial e financeira e angariar capital para promotores de projetos nestas áreas. Integrando a área de Corporate Finance EMEA da Jones Lang LaSalle, esta nova equipa tem uma forte ligação com diversos grupos de investidores que procuram ativamente oportunidades neste setor emergente. A equipa alinhou-se em torno de quatro áreas centrais de negócio para impulsionar um crescimento sustentado e nomeou Andreas Quint para a liderar, posicionando-a como uma plataforma pan-europeia e disponibilizando uma oferta de referência. As linhas de negócio assentam na oferta personalizada nas áreas de Equity, Financiamento, Fusões&Aquisições e Energias Renováveis.

Dane Wilkins, head da equipa de Renewable Energy Capital da Jones Lang LaSalle, afirma: “O setor das energias renováveis continuará a observar um forte crescimento nos próximos anos, com novos investidores e players a entrarem no mercado vindos do setor imobiliário à medida que o capital procura destinos alternativos com perfis de risco/retorno semelhantes. A posição, clientes e relacionamentos da Jones Lang LaSalle são uma garantia de que a sua equipa de Corporate Finance está bem posicionada para beneficiar destas tendências e que se assume como uma rampa de lançamento para que a consultora se torne uma empresa de referência na área de investimento em energias renováveis na região EMEA. Os serviços chave de promotores de projetos e portefólios, empresas públicas que pretendem desalavancar, family offices, investidores privados capitalizados e investidores institucionais que procuram investimentos de baixo risco e com yields estáveis, concentrar-se-ão nos projetos de energias renováveis incluindo eólicas, hídricas/marés, solar e biomassa, disponibilizando financiamento para o projeto (desenvolvimento e capital), aconselhamento de fusões e aquisições para projetos e portefólios, consultoria financeira e comercial para promotores e investidores e avaliações especializadas”.

Dane Wilkins acrescentou: “A Jones Lang LaSalle é única no sentido em que oferece uma gama completa de serviços para promotores neste novo setor, incluindo desde projetos de viabilidade e planeamento até à garantia de financiamento ou transferência de propriedade do projeto de construção, bem como a angariação de investimento para desenvolvimento ou crédito, consultoria na área de fusões e aquisições (quer para projetos quer para portefólios), assessoria financeira e comercial para promotores e investidores e avaliações especializadas”.

Com mais de 20 anos de experiência colectiva em investimento e em angariação de financiamento para projetos e portefólios de energias renováveis, a equipa opera em todo o espectro das tecnologias renováveis, incluindo biomassa, valorização energética de resíduos, hídrica/Marés, eólica, solar, e tem vindo a obter bons resultados nesta área de negócio, tendo já sido instruída por um conhecido produtor de energias renováveis para angariar 25 milhões de libras para financiar a construção de um portefólio de moinhos eólicos no Reino Unido. Estes moinhos deverão ser construídos em 2013 no âmbito do regime Feed in Tariff
Andrew Gold, chief executive da Jones Lang LaSalle no Reino Unido, concluiu: “O Governo do Reino Unido já demonstrou o seu compromisso em alcançar a meta estabelecida pela União Europeia para alocar 15% da energia às fontes renováveis até 2020. A nossa equipa de Renewable Energy Capital evidencia o compromisso da Jones Lang LaSalle na prossecução desse objetivo, ao disponibilizar aos nossos clientes o conhecimento de mercado e consultoria fundamentada à medida quer estes investem neste setor estimulante e em crescimento”.


- ends –