Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Jones Lang LaSalle coloca Fadata no Lagoas Park e faz projecto para novas instalações

Departamentos de Escritórios e de Arquitectura prestam serviço integrado


A Jones Lang LaSalle representou a Fadata, empresa de soluções de software especialista nas áreas financeira e seguradora, na procura e selecção das suas instalações em Portugal, sendo também responsável pelo design e execução do projecto de fit out dos escritórios da empresa. A Fadata, de origem búlgara, está já instalada na sua sucursal em Portugal, um escritório com cerca de 180 m² integrado no Edifício 5 do parque de escritórios Lagoas Park, localizado no concelho de Oeiras. A consultora imobiliária prestou, desta forma, um serviço integrado à empresa de software, actuando no âmbito dos departamentos de Office Agency e de Arquitectura.

“Após uma análise aprofundada do mercado, seleccionámos o Lagoas Park pelas suas excepcionais características e pela forma como poderia responder às exigências da Fadata ao entrar no mercado nacional. O trabalho desenvolvido potenciou o alargamento do leque de serviços prestados a esta empresa, que nos confiou também toda a definição interior do seu espaço, permitindo-nos acompanhá-la nos seus primeiros passos no mercado português. Este é um tipo de serviço integrado com inúmeras vantagens para o cliente e que nos permite ajustar soluções de forma personalizada”, disse Mariana Seabra, Directora do Departamento de Office Agency da Jones Lang LaSalle.

Na sequência deste primeiro contacto, a empresa de software seleccionou ainda a consultora para proceder a todo o trabalho de fit out das suas novas instalações, um trabalho desenvolvido pelo Departamento de Arquitectura e que permitiu à consultora reforçar a sua capacidade de prestar ao cliente um serviço completo chave-na-mão.

Pedro Almeida, Director do Departamento de Arquitectura da Jones Lang LaSalle, acrescenta: “Queremos, cada vez mais, prestar este tipo de serviços, proporcionando aos nossos clientes uma oferta de serviços integrada, que lhes permita percorrer todo o processo desde a identificação do imóvel até à ocupação do mesmo, da forma mais eficiente, racional e que melhor se adapte às suas necessidades. Da parte do Departamento de Arquitectura, estamos cada vez mais preparados para dar sequência a processos iniciados pelos Departamentos de Agência, quer na área de escritórios quer na de retalho”.

No âmbito do Departamento de Arquitectura, a Jones Lang LaSalle realizou consultoria na escolha do espaço, com estudos de implantação de fit out, orçamentação, projectos, execução de obra, fiscalização e suporte na escolha de mobiliário.

Em termos do design e definição do espaço, o projecto tentou que a solução encontrada se adaptasse à estratégia de crescimento da empresa a curto-prazo, tendo em conta que esta é a sua primeira sede em Portugal. Desta forma, apostou-se num modelo que permita uma rápida e ágil transformação do espaço, acompanhando o crescimento gradual que possa ser registado.

A solução encontrada passou pela centralização das áreas de recepção, gabinete e sala de reuniões, dispostas de forma funcional. A área de openspace manteve-se o mais desprovida possível de obstáculos arquitectónicos fixos, de forma a permitir a sua maior articulação e redistribuição de equipamentos e mobiliário, ficando, no entanto, preparada com todas as infra-estruturas para as diversas fases de crescimento previstas.

A imagem do escritório foi escolhida de forma a espelhar a personalidade da empresa perante os seus clientes, favorecendo a ligação de proximidade com os mesmos.
                                  
- ends -