Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Mercado imobiliário global a caminho da recuperação

Jones Lang LaSalle divulga informação para o 3º trimestre de 2012


A Jones Lang LaSalle divulgou o seu relatório trimestral Global Market Perspective, que integra dados e análises detalhadas sobre o mercado imobiliário mundial no acumulado do ano até à data.

Após o abrandamento da actividade registado no 1º trimestre de 2012, o mercado imobiliário global retomou um ritmo regular de recuperação. Os volumes de investimento recuperaram para os $108 biliões no 2º trimestre de 2012, num crescimento trimestral de 24%, evidenciando que os mercados de investimento estão no caminho certo para alcançar os $400 biliões transaccionados em 2012.
 
Outros destaques do trimestre incluem:
 
• As perspetivas para a economia global enfraqueceram à medida que as tensões com o euro reemergem. Os mercados da Ásia-Pacífico continuarão a impulsionar o crescimento mundial este ano, contudo, é cada vez mais expectável uma desaceleração.

• Num clima de incerteza, os ocupantes corporativos adotaram uma abordagem “esperar para ver” no que concerne a sua estratégia de expansão, pelo que os volumes globais de absorção caíram em termos homólogos. As empresas estão cada vez mais a apostar nas transações de sale & leaseback, à medida que procuram libertar capital.

• A atividade de arrendamento melhorou face à acalmia do 1º trimestre de 2012, mas ainda assim continua abaixo dos níveis de 2011, devido ao fraco crescimento do emprego, ao ritmo lento de contratações nas empresas e à revisão em baixa das projeções de crescimento global. Os volumes de absorção brutos para o total de 2012 deverão ficar cerca de 10% abaixo dos registados em 2011.

• Por outro lado, a taxa de disponibilidade continua o seu percurso decrescente, com a taxa global a cair para os 13,3% no 2º trimestre de 2012, a mais baixa desde 2009. Em termos regionais, o Continente Americano e a região da Ásia-Pacífico continuaram a observar descidas nas taxas de disponibilidade, enquanto na Europa estas permaneceram inalteradas.
 
• Com a oferta global de escritórios ainda em contração, o Global Office Index da Jones Lang LaSalle, que monitoriza a performance das rendas de espaços de escritórios prime em 90 mercados, continuou em crescimento, com uma subida de 0,6% durante o 2º trimestre de 2012.
 
• No segmento residencial, foram registados volumes de transação elevados na Alemanha, e o bom momento foi mantido no mercado de arrendamento de apartamentos dos Estados Unidos. Na Ásia, as vendas residenciais melhoraram na China e Hong Kong e continuam resistentes em Jacarta, impulsionadas pelo interesse dos investidores, baixas taxas de juro e pelo aumento dos retornos das rendas.

• O retalho exibe um cenário menos homogéneo. Enquanto que a China regista uma forte procura e um crescimento saudável das rendas, as condições de mercado estiveram relativamente monótonas nos Estados Unidos. Na Europa, a procura deverá afetar as rendas nas principais localizações de retalho em Londres, Moscovo e Paris, na segunda metade de 2012, enquanto outros mercados europeus permanecerão estáveis de forma generalizada.

 
- ends –

Notas aos Editores
1. Registe a página online do Global Market Perspective da Jones Lang LaSalle, na qual poderá aceder o relatório completo e os artigos relacionados. www.joneslanglasallesites.com/gmp/
2. Global Real Estate Health Monitor

Quadro.jpg
Os dados referentes ao imobiliário são referentes ao final do 2º trimestre de 2012

Definições e Fontes

PIB Nacional: Alterações no PIB real. Projeção nacional, 2012. Fonte: IHS Global Insight
Indicador Avançado OCDE: Indicador Avançado compósito. Mudança no Índice. Último mês. Fonte: OCDE
Volumes de Investimento Nacionais: Volumes diretos de investimento em imobiliário terciário. Dados nacionais. Variação anual. Fonte: Jones Lang LaSalle.
Alterações na Valorização dos Imóveis: Valores nacionais de escritórios prime. Mudança homóloga. Último trimestre. Fonte: Jones Lang LaSalle.
Prime Yield: Yield indicativo em escritórios prime. Último trimestre. Fonte: Jones Lang LaSalle.
Diferença de Yields: Diferença, em pontos base, que as prime yields de escritórios têm relativamente às obrigações do tesouro a 10 anos. Último trimestre. Fonte: Jones Lang LaSalle, Datastream.
Variação das Rendas: Rendas Prime de escritórios. Variação homóloga. Último trimestre. Fonte: Jones Lang LaSalle.
Absorção Líquida: Absorção anual liquida em % do stock de escritórios ocupados. Variação anual. Fonte: Jones Lang LaSalle.
Taxa de Disponibilidade: Taxa de disponibilidade de escritórios em áreas metropolitanas. Último trimestre. Fonte: Jones Lang LaSalle.
Pipeline de Oferta: Conclusão de escritórios nas áreas metropolitanas (2012-2013) em % do stock existente.

Fonte: Jones Lang LaSalle​