Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Jones Lang LaSalle conclui venda do Edifício Zenith por €12 milhões na maior operação de investimento em escritórios do ano

Investidor português adquiriu o imóvel, um dos mais emblemáticos do Corredor Oeste


​O Departamento de Capital Markets da Jones Lang LaSalle concluiu a venda do Edifício Zenith, integrado no parque de escritórios Arquiparque e um dos mais emblemáticos do Corredor Oeste, a um fundo de investimento imobiliário português por €12 milhões. Naquela que foi a maior operação de investimento imobiliário no setor de escritórios​ realizada este ano, a Jones Lang LaSalle atuou em representação do vendedor do imóvel, o grupo alemão MPC Capital.

Walter Fabrega, Diretor do Departamento de Capital Markets da Jones Lang LaSalle, explica: “Esta transação é a prova de que um maior ajustamento dos valores de venda dos ativos às atuais condições do mercado tem a capacidade para atrair investidores. Houvesse mais ativos com os preços ajustados e mais operações haveria. A operação do Zenith acaba por ser importante para o vendedor uma vez que exclui do seu portefólio imobiliário um ativo que já não era estratégico para o seu balanço. Também para o comprador o negócio é interessante, uma vez que adquire a um preço que poderemos considerar promocional, um imóvel de qualidade, bem localizado e com um forte potencial”. 

O Edifício Zenith é um dos mais emblemáticos do Corredor Oeste, integrando o Arquiparque, um parque de escritórios já consolidado em Miraflores, ao lado da A5 Lisboa-Cascais. Com uma área de cerca de 12.106 m² de escritórios em 12 pisos acima do solo, o Edifício Zenith integra diversos inquilinos de referência, como a Real Life, a Endústria, a TUV, a GMAC ou a Pharma Nord. O imóvel disponibiliza ainda diversos serviços e valências, entre as quais um auditório com capacidade para 75 pessoas, cafetaria e bar, segurança, limpeza e manutenção, além de 135 lugares de estacionamento em 4 pisos subterrâneos e mais 48 no exterior.

- ends-