Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Office Flashpoint: Novembro 2013

Comportamento do mercado de escritórios de Lisboa


​O mês de novembro foi o mais dinâmico do ano em termos de ocupação de escritórios, concentrando mais de um quinto (22%) do total da área de escritórios arrendada em 2013 (considerando o período acumulado entre janeiro e novembro).

Neste mês, a atividade de arrendamento de escritórios​ totalizou os 13.526 m², dos quais perto de 5.000 m² foram transacionados na zona 1 (Prime CBD).  Neste mês, as empresas mais dinâmicas foram as de TMT’s & Utilities, com 7.619 m², seguidas das de “Serviços Empresas”, com 3.953 m² transacionados.

O mês de novembro apresentou crescimentos exponenciais quer em relação ao mês anterior quer em comparação com o mesmo mês do ano passado, com variações de 302% (face a 3.368 m²) e de 515% (face a 2.201 m²), respetivamente.

Ainda assim, a boa performance registada no penúltimo mês de 2013 não será suficiente para equilibrar o os valores anuais. Com um volume acumulado de 61.798 m² transacionados até novembro, 2013 continua 29% abaixo de 2012 (comparando o período de jan-nov), o que deixa antever um desempenho anual inferior, considerando que falta apenas contabilizar o mês de dezembro.

Em termos acumulados, as zonas do Parque das Nações e do Corredor Oeste lideram a absorção, com 52% do total da área arrendada entre janeiro e novembro de 2013. Relativamente à procura, as Empresas de IT e as de “Serviços Empresas” foram as mais dinâmicas neste período, com uma quota de 25% cada da atividade registada.

Nota ainda para a redução da área média transacionada: com um total de 164 operações registadas nos primeiros 11 meses do ano, a área média transacionada fixa-se em 377 m², que compara com os 528 m² transacionados em média em 2012.