Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Jones Lang LaSalle vende conjunto de imóveis ocupados pelo Pingo Doce por €11,5 milhões

Operações integram ativos na Grande Lisboa e no Porto, num total de 11.207 m²


​Foi concluída a operação de venda de três ativos ocupados pela marca de supermercados Pingo Doce, do grupo Jerónimo Martins, na Grande Lisboa e no Porto, num valor global de €11,5 milhões e envolvendo uma área combinada de 11.207 m². O negócio foi mediado pela Jones Lang LaSalle, que através do Departamento de Capital Markets, representou o proprietário dos imóveis agora vendidos, o Santander AM. O comprador foi um investidor também português.

Fernando Ferreira, Diretor de Capital Markets da Jones Lang LaSalle, comenta a operação: “Esta transacção vem premiar o trabalho desenvolvido pela equipa do Santander AM, que assegurou, para cada um dos imóveis, contratos de longa duração com um ocupante de qualidade, tornando estes imóveis produtos de investimento muito apetecíveis para investidores que privilegiem a segurança do rendimento”.

Os imóveis agora transaccionados localizam-se em Alverca, nomeadamente integrado no conjunto empresarial Norcentro localizado na EN 10; na localidade da Póvoa de Santo Adrião, concelho de Odivelas; e na cidade do Porto, mais concretamente no Campo 24 de Agosto. Todos os ativos têm em vigor contratos de arrendamento com o Pingo Doce que variam entre 12 e 15 anos, a terminar e 2024 a 2027.

O Pingo Doce instalado no imóvel localizado na Póvoa de Santo Adrião – que integra uma loja com 2.666 m², um armazém com 2.556 m² e uma área de logradouro com cerca de 12.200 m² - foi transacionado pelo valor mais elevado (€7,65 milhões). Em Alverca, o ativo vendido é composto por 1.988 m² de área de vendas e 1.412 m² destinados a estacionamento, tendo sido vendido por €2,15 milhões. No Porto, a venda foi concretizada por €1,7 milhões, sendo que o imóvel é constituído por armazém (1.352 m²), espaço comercial (1.232 m²) e estacionamento.
 
- ends –