Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

JLL traz portefólio da Treveria Silo E para o mercado


​A JLL foi instruída para a venda de 127 imóveis integrados no portefólio da Treveria Silo E (O “Portfolio”). A decisão de vender o “Portfolio” partiu de uma recomendação do gestor de dívida Hatfield Philips International (“HPI”), que atua como gestor específico para os credores hipotecários.

O “Portfolio”, designado de Project Sunrise, será colocado à venda na sua totalidade, i.e. em bloco, e consiste sobretudo em ativos de retalho no centro das cidades em localizações de primeira e segunda linha em toda a Alemanha. Entre outros, o “Portfolio” inclui a Gloria Galerie, em Kurfürstendamm, Berlim; centros comerciais em Wilhelmshaven and Solingen; bem como diversos Grandes Armazéns em Brühl, Euskirchen and Koblenz.

Desde que o processo de insolvência da Treveria Silo E foi iniciado no princípio de 2013, os imóveis têm sido geridos pelo administrador de insolvência Ottmar Herman, em Frankfurt, por dois administradores de insolvência holandeses e pela HPI. Nos últimos meses, o gestor de ativos Corpus Sireo, em parceria com o Acrest Property Group e o IC Immobilien Gruppe, estabilizou os ativos com o objetivo de preparar a venda.

A JLL arranca com a comercialização do “Portfolio” no início de Setembro.

Peter Birchinger, Head de Investimento de Portefólios na JLL Alemanha, comenta que “devido às excelentes condições de mercado e à natureza atrativa do portefólio, esperamos registar uma elevada procura quer por parte dos investidores domésticos quer dos internacionais”.

Blair Lewis, Chief Executive Officer da Hatfield Philips acrescenta que “depois de considerarmos cautelosamente, acreditamos firmemente que agora é o momento apropriado para vender o portefólio, tendo em conta o seu valor intrínseco e o seu perfil atrativo a nível de contratos de arrendamento. Estes fatores, em conjugação com a solidez do mercado, deverão gerar um interesse significativo por parte dos investidores. Esperamos ansiosamente pelo processo de venda e pela maximização dos proveitos para os credores (obrigacionistas)”.

- ends –