Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Departamento de Capital Markets da JLL regista forte crescimento em 2014 e intervém em operações no valor de €345 milhões


​O Departamento de Capital Markets da JLL contribuiu de forma significativa para o dinamismo do mercado de investimento imobiliário português em 2014. Ao longo do ano, a consultora esteve envolvida em 19 operações de transação de imóveis que totalizaram um volume de cerca de €345 milhões.

Pedro Lancastre, Diretor Geral da JLL, comenta que “este crescimento exponencial da atividade do Departamento de Capital Markets é, por um lado, o reflexo da recuperação sentida no próprio mercado, que também cresceu significativamente, mas é, por outro lado, o resultado do esforço e empenho de toda a equipa. O foco na estruturação dos negócios, identificação de oportunidades atrativas e na negociação das melhores condições para os nossos clientes permitiram-nos crescer a um ritmo superior ao do próprio mercado”.

Fernando Ferreira, Diretor do Departamento de Capital Markets da JLL, acrescenta: “O mercado está muito mais ativo, com maior diversidade de players e mais liquidez disponível, o que deverá continuar a verificar-se este ano. O que quer dizer também que as oportunidades, principalmente as prime, vão começar a escassear e a gerar muito mais competitividade junto dos compradores. E é aqui que esperamos fazer a diferença, posicionando-nos para garantir que os nossos clientes terão acesso a um conjunto vasto de investidores de forma a maximizar o valor dos seus imóveis.”.
A JLL esteve envolvida em algumas das mais importantes operações de investimento realizadas em Portugal no ano passado, incluindo a venda de um portefólio de imóveis, maioritariamente de logística e retalho, detido pela ESAF; a transação dos edifícios da EDP situados no Marquês de Pombal, na qual representou o comprador, um fundo institucional americano; e ainda a venda de um portefólio de supermercados Pingo Doce, uma aquisição realizada por um fundo francês.

O volume de investimento assessorado pelo Departamento de Capital Markets da JLL em 2014 envolveu operações nos mais diversos setores do mercado, incluindo escritórios, retalho, industrial e habitação, mas também a transação de terrenos e de ativos para reabilitação urbana. Esta última área teve também um contributo importante para a dinâmica da atividade deste Departamento e no âmbito da qual a consultora esteve envolvida na transação de cinco edifícios com a finalidade de serem posteriormente reabilitados.

Do total das 19 operações acompanhadas pelas consultora em 2014, sete, no valor de €85 milhões, localizam-se na zona prime de Lisboa e, destas, a maioria situa-se na Avenida da Liberdade.  São disso exemplo as transações dos edifícios Liberdade 238, da loja no edifício Liberdade 177, ou o portefólio da EDP no Marquês de Pombal.