Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

JLL concluí operação de venda do edifício Liberdade 225

Imóvel é um dos únicos com oferta moderna de escritórios atualmente disponíveis na avenida da Liberdade


​O edifício Liberdade 225, localizado na principal artéria de Lisboa, acaba de ser vendido a um investidor institucional português, anunciaram as consultoras imobiliárias JLL e Worx. O imóvel é um dos que mais se destaca na Avenida da Liberdade por ser um dos únicos a oferecer espaços de escritórios modernos e com disponibilidade imediata, tendo sido profundamente reabilitado há menos de dois anos.

As duas consultoras foram responsáveis pelo negócio no âmbito do mandato de venda atribuído pelo proprietário do imóvel, um grupo internacional de investimento imobiliário que tinha já confiado a estas duas entidades a comercialização co-exclusiva no âmbito da ocupação dos espaços de escritórios e comércio.

João Sacadura, Consultor do Departamento de Capital Markets da JLL, frisa que “este imóvel era um dos produtos de investimento mais atrativos da Avenida da Liberdade, não só por ter sido alvo de uma reabilitação profunda concluída em 2013, mas também por apresentar todas as condições para atrair ocupantes de primeira linha”. Além disso, “é curioso verificar que, em sentido inverso ao que tem sido a grande maioria dos negócios imobiliários nos últimos meses, esta transação representou a passagem de um imóvel das mãos de um investidor internacional para um investidor nacional”, diz ainda João Sacadura.

Localizado na confluência da Rua Rosa Araújo com a Avenida da Liberdade, o Liberdade 225 foi o escolhido pelas marcas Fendi Casa Collection e Torres Joalheiros para abrir novas lojas nesta avenida. O imóvel está atualmente em processo dinâmico de captação de ocupantes para os escritórios, com áreas a partir de 312 m² entre os pisos 1 e 9, sendo que o piso 7 já se encontra ocupado pela empresa de consultoria TurtleDream. No total, o edifício contempla uma área bruta de construção de 6.142 m² acima do solo, complementados por estacionamento em cave para 44 viaturas.

Em 2013 o imóvel foi alvo de uma profunda intervenção que resultou na sua reabilitação quer a nível exterior quer a nível interior, sendo um dos únicos na Avenida da Liberdade a disponibilizar uma oferta atual de escritórios, com a mais valia de ter certificação energética de Classe A.