Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Multinacional francesa ocupa totalidade do edifício Oporto Center

Confirmando o seu elevado dinamismo na cidade do Porto, a JLL foi responsável pelo arrendamento do imóvel, que totaliza 11.700 m2


​A JLL, através do seu departamento de Office Agency, foi a consultora responsável pela maior operação de arrendamento de escritórios na cidade do Porto em 2016. Em causa está o arrendamento da totalidade do edifício Oporto Center a uma multinacional de origem francesa, que o escolheu para instalar parte dos seus serviços de backoffice de IT a nível internacional, ocupando os 11.700 m² de área deste imóvel localizado na rua Santos Pousada, na zona do Bonfim.

A JLL foi responsável pelo arrendamento do espaço em representação do proprietário do imóvel, a Ciagest, encontrando-se ainda a prestar serviços de facility management no imóvel, onde tem, em permanência, um gestor dedicado à operação diária das instalações do novo ocupante. O projeto de adaptação dos interiores do edifício aos requisitos do novo ocupante está a cargo da Tétris, a empresa de arquitetura e construção de interiores que faz parte do universo empresarial da JLL.

“O Porto é um destino cada vez mais apetecível para a instalação de centros de serviços partilhados, como demonstra esta operação. A qualidade de vida e qualificação da mão-de-obra; a excelente posição geográfica, que está agora a ser verdadeiramente capitalizada e que tem beneficiado com o crescimento das rotas servidas por companhias low cost; bem como custos de ocupação bastante competitivos face a outras cidades europeias, incluindo Lisboa, são fatores valorizados na hora de escolher”, explica Mariana Rosa, diretora do Office Agency e Corporate Solutions da JLL. “Além disso, a cidade goza de crescente exposição internacional, quer por via do crescimento do turismo quer pela própria diplomacia económica que a autarquia tem desenvolvido”, explica ainda Mariana Rosa.

De acordo com José Telo, administrador da Ciagest, a qual representou na condução deste negócio “ter uma empresa de referência como inquilino do Oporto Center é muito importante não só para o edifício, que agora fica totalmente ocupado, mas também para o mercado de escritórios do Porto, que continua a atrair cada vez mais empresas internacionais e no qual queremos continuar a apostar”.
Este negócio confirma o crescente dinamismo da JLL no mercado imobiliário do Porto, onde no último ano foi responsável pelo arrendamento de uma área de cerca de 21.500 m2 no segmento de escritórios em operações que resultaram na instalação de empresas como a Randstad, a Webhelp, a Iten ou a Mercadona.