Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

JLL considerada uma das “Empresas Mais Éticas do Mundo” pelo 10º ano consecutivo

Reconhecimento do Ethisphere Institute distingue as empresas que lideram com integridade e fazem alinhar valores com ação


​A Jones Lang LaSalle Incorporated (NYSE:JLL) foi distinguida pelo Ethisphere Institute como uma das “Empresas Mais Éticas do Mundo em 2017” (Trad. Livre do original World’s Most Ethical Company®). A distinção reconhece, pelo 10º ano consecutivo, os fortes princípios de ética empresarial e profissional inerentes aos valores, cultura e estratégia da JLL, bem como na interação da empresa com os seus clientes, fornecedores e colaboradores. O Ethisphere Institute é uma referência global na definição e desenvolvimento de standards para a ética nas práticas de negócio.

“A JLL dá máxima prioridade à integridade ética em tudo o que faz”, disse Christian Ulbrich, CEO da JLL. “Trabalhamos com clientes em todo o mundo e estamos empenhados em construir um futuro melhor. É para nós motivo de grande orgulho e honra sermos reconhecidos, pelo 10º ano consecutivo, nesta lista do Ethisphere Institute das Empresas Mais Éticas do Mundo”.

“Nada é mais difícil de conquistar, nem tão fácil de perder, do que a reputação de integridade”, disse Mark J. Ohringer, General Counsel and Chief Ethics Officer da JLL. “Somos responsáveis para com os nossos colaboradores, acionistas, clientes e com as comunidades nas quais operamos em mantermos a nossa reputação e aplicarmos os standards éticos mais elevados, os quais são a base da nossa história de 250 anos”.

Metodologia e Pontuação

A avaliação para “Empresa Mais Ética do Mundo” é baseada no Ethics Quotient® (Trad. Livre: Coeficiente Ético) do Ethisphere Institute, um modelo que disponibiliza uma forma quantitativa de avaliar a performance da empresa de forma objetiva, consistente e uniformizada. A informação recolhida disponibiliza um conjunto abrangente de critérios definitivos referentes a competências essenciais, ao invés de se focar apenas em aspetos de governança corporativa, risco, sustentabilidade, conformidade e ética.
As pontuações são atribuídas a partir de cinco categorias chave: ética e programa de conformidade (35%); cidadania corporativa e responsabilidade (20%); cultura de ética (20%), governança (15%) e liderança, inovação e reputação (10%); e são disponibilizadas a todas as empresas que participam no processo.