Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Lisboa

Mitiska REIM estreia-se em Portugal com compra do Parque Mondego Retail Park

Negócio foi assessorado pela JLL e pela RPE


​A CBRE Global Investors vendeu o Parque Mondego Retail Park, situado em Coimbra, ao investidor imobiliário belga Mitiska REIM, que concretizou a sua primeira operação de investimento em Portugal. O ativo foi transacionado no final de 2017. O negócio foi assessorado pela JLL, que atuou em nome do vendedor, e pela RPE, que representou o comprador.

Com cerca de 29.000 m², o Parque Mondego é o maior retail park do país, acolhendo inquilinos de referência como a Decathlon, o Minipreço e a Seaside. Dispõe de 21 lojas, reunindo uma oferta diversificada de moda, decoração e artigos para a casa ou desporto, além de restauração.

“Este negócio confirma que o interesse internacional pelo nosso país continua muito forte e que o retalho se mantém como o principal destino deste capital. Mas mostra também que há cada vez mais nacionalidades a investir em Portugal e que, contrariamente ao que se verificava no início deste ciclo positivo de mercado, os investidores estrangeiros estão a alargar o seu foco para cidades secundárias, com Coimbra a destacar-se”, comenta Fernando Ferreira, Head of Capital Markets da JLL.

“Estamos muito contentes em ter identificado esta oportunidade para o nosso cliente, que é um investidor especializado em retalho com o foco na criação de valor. Mesmo no atual clima de maior competitividade, existem muitas oportunidades para os investidores que têm capacidade de esperar e procurá-las”, diz Tim Seconde, Head of Capital Markets da RPE, em comentário ao negócio.

“Estamos muito satisfeitos com esta transação e em ter trabalhado com a Mitiska REIM no negócio. A venda do Parque Mondego segue-se à implementação de um plano de comercialização intensivo que resultou na ocupação completa do ativo e faz parte da estratégia do CBRE Retail Property Fund (“RPFI”) para otimizar a composição do seu portefólio e focar-se em ativos core”, acrescenta Antonio Simontalero, Portfolio Manager do RPFI.

“É com muito prazer que entramos em Portugal, um mercado que atravessa um excelente momento quer em termos do ciclo económico quer do mercado imobiliário. No rescaldo da crise económica, muitos retalhistas e investidores afastaram-se de Portugal. Assistimos agora, precisamente, à tendência contrária, com as transações imobiliárias próximas de máximos recorde, e os retalhistas e investidores a regressarem, atraídos pela melhoria do ambiente económico e pelas oportunidades muito competitivas em termos da relação risco/retorno”, afirma Axel Despriet, CEO da Mitiska REIM.