Estudos de mercado

Office Flashpoint – Janeiro 2020

A JLL analisa mensalmente o desempenho do mercado de escritórios de Lisboa. Saiba quais as principais tendências no setor.

Fevereiro 12, 2020

Começa uma nova década com um Take-up de 14.062 m2, representando um aumento de 50% relativamente a Janeiro do ano que terminou, no entanto um decréscimo de 8% relativamente ao mês anterior, que teve na altura uma performance muito acima da média. Registaram-se 7 operações, um número relativamente baixo, mas com áreas significativas, o que contribui para uma a área media por operação de 2.009 m2, apesar da significativa falta de espaço de escritórios.

A atividade do mês, dividiu-se maioritariamente entre: a Zona 5 – Parque das Nações com 44%, uma zona que começa a estender-se para ruas adjacentes ao centro com a ocupação de um edifício na Avenida Infante D. Henrique pela Randstad, a Zona 3 – Nova Zona de Escritórios com 27% que acolheu este mês o BNP Paribas, e a Zona 6 – Corredor Oeste com 22% com as operações do Santander Consumer e RH Portugal.

Os setores de Serviços Financeiros e Serviços a Empresas concentraram a maior parte do take-up do mês, representando 46% e 45% da atividade de janeiro, respetivamente.

As operações de Mudanças de Edifício foram novamente as mais comuns, representando 69% da ocupação do mês. O take-up líquido deste mês representa 28% da atividade.

Preencha este formulário para transferir o relatório

Ocorreu um erro ao enviar o formulário. Tente novamente.

 

Aviso de privacidade

A Jones Lang LaSalle (JLL), juntamente com as suas filiais e associadas, é líder mundial na prestação de serviços imobiliários e de gestão de investimentos. Responsabilizamo-nos por proteger as informações pessoais que nos são fornecidas seriamente.

As informações pessoais que recolhemos a seu respeito visam por norma dar resposta às suas questões.

Conjugamos esforços no sentido de proteger os seus dados pessoais com o nível de segurança adequado. Apenas mantemos as suas informações pessoais durante o tempo necessário por motivos comerciais ou legais legítimos. Quando já não forem necessárias, eliminamos as mesmas de forma segura. Para obter mais informações acerca de que forma a JLL trata os seus dados pessoais, consulte a nossa declaração de privacidade