Content Type Kicker

Consumidor mais informado e tecnológico

Se tudo está a mudar no retalho, o consumidor não é excepção. Pelo contrário, o consumidor tem, em muitos casos, sido o impulsionador da mudança.

Janeiro 03, 2013

Se tudo está a mudar no retalho, o consumidor não é excepção. Pelo contrário, o consumidor tem, em muitos casos, sido o impulsionador da mudança. Além da retracção que se regista no consumo, fruto da difícil situação económica que tem vindo a diminuir o rendimento disponível, deparamo-nos agora com um consumidor que compra menos por impulso e faz compras mais ponderadas e mais informadas, não tanto por questões financeiras mas devido a uma mudança de mentalidade e à tecnologia que temos ao nosso dispor.

Antes de comprar, as pessoas procuram informação na internet, comparam preços e produtos, pedem opinião aos amigos e consultam “posts” nas redes sociais. Daí a importância dos lojistas e dos próprios equipamentos comerciais terem presença em várias plataformas e comunicarem com os seus clientes de forma aberta e transparente.

As novas tecnologias abrem um mundo de novas possibilidades aos retalhistas, mas a experiência de consumo na loja continua a ser tão ou mais importante, pois se a qualidade de serviço não está à altura das expectativas é pouco provável que essa experiência se repita.

Mais uma vez, o marketing assume um papel importante, mas, neste domínio, são as pessoas que irão fazer toda a diferença. Estamos numa era em que não basta às pessoas serem “empregados eficientes”, têm de ser pessoas informadas e com conhecimentos abrangentes, com capacidade para inovar, correr riscos e saber estabelecer uma boa comunicação com os clientes.

A mudança já se instalou em todas as áreas e será uma pena desperdiçar esta oportunidade para reposicionar, reformular e reconfigurar o negócio de retalho.

Artigos relacionados